INSTRUÇÕES DE COLETA

 

Exames de sangue

 

Hemograma : não é necessário jejum

 

BHCG: não é necessário jejum

 

Colesterol Total e Triglicérides: jejum obrigatório de 12 horas

 

Demais exames : jejum de 8 horas

 

PSA: Jejum de 8 horas. Deve-se aguardar:

 

3 dias após ultra-som trans-retal ou toque retal

24 horas após exercícios pesados e de forma especial o ciclismo;

24 horas após ejaculação (relação sexual ou masturbação);

30 dias após biopsia ou massagem prostática.

 

Em caso de cirurgia para retirada parcial ou total da próstata, informar a data da realização da cirurgia.

 

Curva Glicêmica:

 

O paciente deve manter dieta normal contendo hidratos de carbono sem restrições com no mínimo de 150 g de carboidratos nos três dias que antecedem ao teste,

sendo indicada atividade física normal neste período;

A realização do exame ocorre em cerca de 3 horas sendo que, durante todo este período, o paciente deverá permanecer de repouso no Laboratório;

Não ingerir bebida alcoólica no dia que antecede o exame e não fumar durante a realização do mesmo;

Será dosada a glicose de jejum. A realização da Curva glicêmica dependerá deste resultado.

 

HIV : Os procedimentos que envolvem a realização do exame Sorologia para HIV, estão regulamentados e padronizados pela Portaria SVS/MS nº 151 (MINISTERIO DA SAUDE) de forma que o(a) Senhor(a) deverá ser aconselhado antes da realização do exame nos seguintes aspectos :

 

Poderá ser necessária a coleta de mais de uma amostra de sangue, caso isto aconteça o(a) Senhor(a) será comunicado para comparecer ao laboratório.

As coleta(s) de amostra(s) que forem necessárias, serão realizadas somente mediante apresentação de documento oficial de identificação com foto (carteira de identidade, carteira de habilitação) e constarão como novos exames ou seja, deverão ser realizados

mediante acerto de acordo com o convênio realizado.

O(s) laudo(s) será(ão) liberado(s) somente após a conclusão das etapas de realização do exame previstas no Anexo III da referida Portaria e não é permitida a liberação parcial de laudos antes da finalização do processo.

Não existem testes laboratoriais que apresentem 100% de sensibilidade e 100% de especificidade. Em decorrência disso, resultados falso-negativos, falso-positivos, indeterminados ou discrepantes entre os testes distintos podem ocorrer na rotina do laboratório clínico.

O resultado laboratorial indica o estado sorológico do indivíduo e deve ser associado à historia clínica e/ou epidemiológica do indivíduo, ou seja, nenhuma conclusão poderá ser feita a partir exclusivamente de um único resultado de exame.

 

Teste do Pezinho: Colher preferencialmente do 3º ao 30º dia após o nascimento. Caso o recém-nascido tenha recebido transfusão sanguínea, aguardar no mínimo 10 dias para a coleta do exame.

 

Importante:

 

Em caso de exames com horários de jejuns diferentes, seguir o maior tempo de jejum.

Não deixe de tomar seus medicamentos.

A ingestão de água está liberada durante o jejum.

Informar todos os medicamentos em uso e patologias existentes.

Em caso de lactentes seguir o maior intervalo entre as mamadas ou a critério médico.

 

Exames de Fezes

 

Exame Parasitológico de Fezes:

 

Coletar as fezes inicialmente em local seco e limpo, sem misturar com urina;

Transferir com o auxílio de uma espátula uma porção pequena, do início, meio e final das fezes, no frasco fornecido pelo Laboratório ou comprado em farmácias, não devendo encher em demasiado o frasco;

Trazer ao Laboratório num prazo máximo de 4 horas.

 

Obs.: No caso do paciente que possui o hábito de evacuação à tarde ou à noite, deve seguir as instruções acima, devendo o frasco ser embrulhado em plástico e conservado na geladeira até a hora da entrega, no dia seguinte pela manhã.

 

Exame Parasitológico de Fezes (coleta seriada) – MIF:

 

Coletar as fezes inicialmente em local seco e limpo, sem misturar com urina;

Transferir com auxílio de uma espátula uma pequena porção das fezes a cada dia, até terminar a coleta seriada, no frasco com conservante fornecido pelo Laboratório ou comprado em farmácia;

Tampar bem o frasco para que não ocorra vazamento;

Trazer ao Laboratório.

 

Obs.: A amostra preservada em conservante poderá permanecer até 8 dias após a coleta à temperatura ambiente, desde que a quantidade de amostra não ultrapasse o nível do líquido conservante.

Não colher mais de 1 amostra por dia, se necessário coletar em dias alternados.

 

“Contraste radiológico para transito intestinal interfere no exame parasitológico de fezes, devendo ser aguardada uma semana após o seu uso para realizar a coleta do material”.

 

Coleta de Fezes para Coprocultura:

 

Coletar as fezes inicialmente em local seco e limpo, sem misturar com urina;

Transferir com as fezes com o auxílio de uma espátula de plástico para o frasco fornecido pelo Laboratório, colocar uma porção de fezes com aparência suspeita, como muco, sangue;

Se as fezes forem diarréicas coleta-la diretamente no frasco, sem que ocorra extravasamento;

Tampar bem o frasco para não ocorrer vazamento;

Trazer ao Laboratório num prazo máximo de 3 horas;

 

Obs.: As fezes devem ser colhidas no início da doença diarréica e antes de qualquer tratamento.

 

Fezes para pesquisa de Sangue Oculto

 

Não usar medicamentos irritantes da mucosa gástrica (aspirina, anti-inflamatórios, corticóides) se utilizar, informar ao laboratório no momento da entrega do material;

Evitar sangramento gengival (com escova de dente, palito), se ocorrer, informar ao laboratório no momento da entrega do material;

Manter refrigerado por no máximo 14 horas;

Não deve ser colhido durante ou após 3 dias do período menstrual ou se estiver apresentando sangramento hemorroidário ou presença de sangue na urina;

 

Exames de Urina

 

EAS – Urina Simples e Urina para Cultura

 

É aconselhável que a coleta de urina para cultura seja realizada antes do uso de antimicrobianos;

Proceder higiene das mãos e da região genital com água e sabão;

Colher em frasco fornecido pelo Laboratório ou comprado em farmácia. – OBS: Outros tipos de frascos não serão aceitos;

Despreza-se o 1º jato e colhe no frasco o jato médio;

Identificar o frasco com nome e encaminhar ao laboratório o mais rápido possível. Caso não seja possível, enviar no máximo 02 horas sem refrigeração ou 04 horas após refrigeração.

 

Urina para cultura em crianças que usam fraldas:

 

Higienizar a região genital cuidadosamente com água e sabão;

Utilizar o saco coletor retirando o papel que cobre a parte adesiva, fixar a parte adesiva na região genital;

Assim que a criança urinar, retirar o saco coletor. Lacrar ou despejar no frasco do laboratório.

Encaminhar o frasco o mais rápido possível ao laboratório. Caso isto não seja possível, enviar no máximo 02 horas sem refrigeração ou 04 horas após refrigeração.

 

Obs.: É sempre preferível a coleta no laboratório.

 

Urina de 24 horas:

 

Na manhã anterior ao envio da amostra: desprezar a primeira micção;

Colher posteriormente toda a urina do dia e da noite até no próximo dia no mesmo horário;

Manter todo material colhido sob constante refrigeração;

Não é necessário aumentar a ingestão de líquidos, exceto sob orientação médica.

 

Teste de DNA

 

A realização do teste para investigação de paternidade (Teste de DNA) pode ser realizado em três módulos de acordo com escolha ou necessidade do solicitante:

 

 

EXAME TRIO

 

Ocorre a necessidade da coleta de material biológico da mãe, filho(a) e suposto pai.

A coleta deve ser realizada obrigatoriamente na presença de todos os periciados sem necessidade de jejum.

Apresentar documentos de identificação de todos os periciados.

 

Obs: Quando mãe e/ou suposto pai forem menor de idade também ocorre a necessidade de autorização e cópia do documento de identificação do responsável legal.

 

EXAME DUO

 

Ocorre a necessidade de coleta de material biológico somente do filho(a) e suposto pai.

A coleta só poderá ser realizada caso a criança seja registrada em nome do suposto pai (comprovado através de certidão de nascimento) ou com autorização e cópia do documento de identificação da mãe ou responsável legal da criança.Neste último caso, o responsável deverá presenciar a coleta ou encaminhar declaração de consentimento. Em todos os casos é necessário o encaminhamento de cópia da documentação de identificação de todos os envolvidos. Se o filho for maior de idade não é preciso autorização.

Não ocorre necessidade de jejum

 

Obs: Quando mãe e/ou suposto pai forem menor de idade também ocorre a necessidade de autorização e cópia do documento de identificação do responsável legal.

 

EXAME DE RECONSTRUÇÃO

 

Suposto pai falecido: Enviar a certidão de óbito do suposto pai (informar grau de parentesco dos envolvidos da família do suposto pai para solicitar orçamento). Todos os periciados deverão apresentar documentos de identificação.

Suposto pai reside fora do Brasil: Enviar cópia do documento de identidade e autorização do mesmo para que o exame seja feito com seus parentes (informar grau de parentesco dos envolvidos da família do suposto pai para solicitar orçamento).

Todos os periciados deverão apresentar documentos de identificação.

Não ocorre necessidade de jejum.